domingo, 10 de maio de 2015

MÃE


Mãe é uma palavra mágica que encanta a todos, inclusive àqueles mais durões, insensíveis, que se esforçam para não externar seus sentimentos.

 Mãe é aquela pessoa que transforma o igual em diferente. O mesmo em novo. As lágrimas em alegria. Resgata a fé das profundezas da escuridão. Abstrai a esperança dos escombros da derrota.

 Mãe, mesmo quando pisada, continua inteira para o filho. Se destruída, encontra tempo e disposição para acalentá-lo.

 Conselheira, sempre dispõe de uma palavra amiga. Tem a força de se sobrepor às vicissitudes da vida para proteger o filho.

 Consegue entender e amar o filho que se desgarra, e o atrai para a tenda do seu coração.

 Ama intensamente cada filho, sabendo identificar e respeitar a suas diferenças.

 Ama sempre, por que é a fonte do amor. O ninho amor. O amor.

 Essa é a mãe.

 Essa é você, mulher-mãe!

 FELIZ DIA DAS MÃES - A TODAS AS MÃES!
(Homenagem às mães - maio de 2015)

domingo, 3 de maio de 2015

O que é corrupção?


O Brasil tem fama de ser um país corrupto. E não é por menos... É vergonhoso como em pleno Século XXI, onde a tecnologia e a transparência se destacam (ou deveriam se destacar), ainda existir casos tão escandalosos de corrupção envolvendo inclusive altos escalões da vida pública.
 
E mesmo com os casos escancarados para a população ainda existem os “caras de pau” envolvidos que se declaram inocentes. E pior: gente da plebe, como nós, prejudicada pela corrupção havida (ou quem sabe, ainda em andamento), defendendo esses envolvidos, sob a argumentação de que no passado, em outros governos, também havia corrupção.
 
Desde quando um crime justifica outro? Desde quando alguém pode atribuir-se inocência perante um crime praticado sob o pretexto de que outros já praticaram o mesmo crime?
 
Os danos causados pela corrupção são devastadores. Estão muito acima da vergonha que deveriam sentir os envolvidos. Poucos se detêm a avaliar os verdadeiros estragos. O dinheiro desviado pela corrupção origina um vazio bem maior daquele que se está habituado a considerar. Inibe a realização de projetos voltados à população. Prejudica a educação e a saúde, por que impede a construção e manutenção de escolas e hospitais. Nega-lhe a moradia. Arranca-lhe o alimento da sua boca, dentre outros malefícios.
 
No Brasil os escândalos de casos de corrupção se sucedem num ritmo alucinado: não dá tempo para esquecer um escândalo que já surge outro, e outro, e outro...
 
Será que a causa é cultural? Creio que sim. Grande parte da população pensa em levar vantagem sempre e em tudo. Nas pequenas e nas grandes coisas. Isso é uma forma de corrupção.
 
Mas, por que existem corruptos? A resposta é única: por que existem corruptores. E corruptores são tão criminosos quanto os corruptos. Corromper alguém para levar vantagem sobre outras pessoas também é crime. E o corruptor está na mesma linha de maldade do corrupto.
 
Por isso, vejo duas possibilidades de terminar de vez com a corrupção: ou conscientizar a todos que não sejam corruptores, ou criar leis severas envolvendo tanto o corrupto quanto o corruptor, considerando criminosos os dois, no mesmo nível.
 
No dia em que houver leis severas nesse sentido e, é claro, quando forem realmente cumpridas independentemente de quem estiver envolvido, com certeza a palavra corrupção se tornará algo do passado. E não precisarei mais escrever sobre o assunto (que bom!).
(Publicado no JNB em abril de 2015)