quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

HOJE

Hoje é um dia especial. Acordamos mais uma vez. Estamos vivos. É o melhor que pode acontecer: estar vivos para continuar a caminhada na busca daquilo que achamos que devemos conquistar.
Fazer deste dia um grande dia depende de nós...

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Somos privilegiados?

Amigo é aquela pessoa que entra em nossa vida, às vezes sem ser convidado. Vai ficando, vai ficando, se instala, e permanece para sempre.

O amigo é aquela pessoa que Deus coloca à nossa disposição, para tornar a nossa vida mais fácil, mais promissora, mais atraente, mais feliz. O amigo é um anjo da guarda designado por Deus para proteger a nossa vida da solidão, da mesmice, da tristeza, do isolacionismo. Para dar-nos a mão para nos levantar quando caímos, indicar o caminho quando estamos desorientados, alertar dos perigos a que podemos incorrer. Apontar o horizonte, estimular nossa caminhada.

O verdadeiro amigo é apenas um humano, e sabe disso, e vive como tal. Tem coragem de olhar em nossos olhos sem temer, sem nada ocultar. Sente dúvidas, medo (inclusive medo de sentir medo).

O amigo sabe falar na hora certa. Mas sabe também respeitar o nosso recolhimento, nosso silêncio, o nosso direito de estar só, de manter nossa individualidade.

O amigo sabe ouvir. Entende e reconhece nossos momentos difíceis, nosso azedume, e mesmo assim continua a nos amar com a mesma intensidade. Ele gosta de ser amigo, de ser chamado de amigo, e de ser amado. Compartilha de nossos momentos felizes, de nossa felicidade.

O amigo está sempre ao nosso lado, em tempos de calmarias e de tempestades. Não importa a direção dos ventos. Oferece seu ombro, seu colo. Ele está sempre aí, quando sorrimos ou choramos.

O amigo entende os nossos sentimentos, percebe a nossa dor, sem se importar com sua intensidade ou sua origem. Ele não é melhor que ninguém, é apenas alguém igual a nós. Mas está presente.

São poucos os amigos de verdade, aqueles altruístas, que pensam primeiro em nós e só depois neles.

Quem descobre que conquistou um amigo, agradeça aos céus, pois através dele será abençoado.

Se você conquistou esse amigo você é uma pessoa privilegiada. Feliz. Orgulhe-se disso.  Poucos têm esse privilégio. Valorize o seu amigo em todos os seus atos, suas atitudes. Nunca o trate com indiferença, não importa o momento em que esteja vivendo. Ele não quer tirar nada de você: quer apenas ajudá-lo a ser feliz. Aproveite a oportunidade.

Ah, e não se esqueça que ele é humano, e que, por isso, também passa por momentos difíceis, vive dúvidas, se desorienta. E nem por isso deixa de ser amigo.

(Publicado no JNB em fevereiro de 2013)