domingo, 15 de julho de 2012

Mãe

Fecho os olhos...
Vejo sua imagem, nítida,
Perfeita, diante de mim,
Sorrindo, sorrindo muito
Como se ainda aqui estivesse.

Abro os olhos...
Me deparo com a ausência real.
A distância de mim até o infinito.
Além dos horizontes.
Além do firmamento.

Fecho os olhos, tapo os ouvidos...
Que ouço?
Ouço a sua voz, sonora,
Vinda do silêncio,
Viva, como em vida.

Sinto a sua mão
Afagando o meu rosto.
O seu beijo,
O seu abraço,
O seu aconchego.

Exemplo de trabalho,
De dedicação,
De comprometimento,
De apego e amor
A quem amou.

Exemplo de vida
90 anos de convivência.
Mulher forte, valente,
Trabalhadora, amiga,
Sempre presente.

Continua presente
Em espírito,
No pensamento,
Nas lembranças,
Na saudade.

A sua luta,
O seu sofrimento,
Foram ensinamentos
Que permanecerão
Sempre presentes.

Viva a vida dos bons,
O descanso dos justos,
Junto Àquele que você
Me ensinou a amar,
Me convidou a seguir.

Viva a felicidade eterna,
Conquistada nesta vida.
Outros já a seguiram:
Acolhe-os em seus braços
E multiplique sua felicidade.

(Homenagem à minha mãe, que deixou este mundo em 19/07/2010)