sexta-feira, 20 de junho de 2014

O papel do líder


Dos temas em que mais se escreveu, com certeza está o da liderança. E se continua a escrever, pois o assunto nunca se esgota. Por isso, atrevo-me a publicar algumas reflexões sobre o tema, destacando o papel do líder na sociedade atual.

Charles Chapplin escreveu sobre temas diversos, e foi brilhante em todos os seus escritos. Uma de suas frases sobre liderança: “Às vezes precisamos de alguém que nos ouça, que não nos julgue, que não nos subestime, que não nos analise. Apenas que nos ouça”...

O líder não se limita a dizer o que deve ser feito: ensina como fazer. Faz junto. Muitas vezes faz primeiro. Ensina que para ultrapassar as barreiras não se deve ficar contemplando as dificuldades, nem ouvir os pessimistas que insistem em dizer que não dará certo, mas enfrentá-las, contorná-las se for preciso, mas jamais desistir. Recuar sim, desistir nunca. Recuos estratégicos, para retomar o fôlego, refazer as forças, reconstituir as estratégias, para tornar a seguir em frente.
 
O desafio de viver impõe muitos começos. Às vez sugere a modificação do normal pelo diferente, pelo inédito. Este é o papel do líder.

No conceito atual, liderar é acima de tudo colocar-se à disposição dos liderados, estar a seu serviço. Ser um igual sem esquecer de seu papel de líder, pois liderar é ouvir, acompanhar, andar junto, no mesmo nível, sem buscar privilégios pessoais que poderiam parecer ser decorrentes de seu status de líder.

Liderar é ser o primeiro a enfrentar as dificuldades. Isso não significa que não possa deixar transparecer suas dúvidas, seus medos, suas limitações. Afinal, ser líder não significa ter atingido a perfeição. Continua sendo humano, com todas as características inerentes aos seres humanos, inclusive deficiências (e muitas). Precisa saber pedir ajuda e ajudar.

Liderar é influenciar pessoas, tornar-se referência para elas. Daí a grande responsabilidade: não decepcionar quem o escolheu como referência, quem o autorizou a liderá-lo.

Liderar é conduzir pessoas rumo aos melhores caminhos. Rumo aos objetivos coletivos e pessoais. Liderar é mostrar o caminho e seguir junto. Liderar é, muitas vezes, fazer o caminho. Partir do nada, do duvidoso, da escuridão, para chegar à luz, à certeza, ao tudo

(Publicado no JNB em junho de 2014).