domingo, 13 de maio de 2012

Homenagem à minha mãe



Neste dia quero homenagear a minha mãe, mesmo que esteja presente somente em espírito, no pensamento, na saudade.

Após 90 anos de convivência neste mundo, há dois anos e meio você tomou o elevador da eternidade e foi morar com Deus, lá no céu, onde se encontrou com o pai e dois irmãos que se foram ainda bebezinhos.

Mulher, forte, valente, trabalhadora, amiga, sempre presente nos momentos ruins e nos momentos bons de nossas vidas. Nunca mediu esforços ou sacrifícios para atenuar a dor e o sofrimento daqueles que você amava.

Deus quis levá-la. E a levou. Está usufruindo do descanso dos justos. Vivendo a vida daqueles que acreditaram que um dia ressuscitariam para a verdadeira vida. Ao lado de Deus você está velando por nós e por todos aqueles que a amaram e que você amou. Sem exceção de ninguém. De todos os amigos e amigas.

Você está olhando e agradecendo a todos aqueles que a ampararam, assistiram, cuidaram de você durante os longos meses de sua agonia.

Mãe, muito obrigado pela vida que me deu, por ter-me criado com tanto amor e carinho mesmo diante de muitas dificuldades e sacrifícios, por ter-me ensinado desde bebê a boa educação, o verdadeiro amor, a verdadeira vida, a existência de um Deus todo poderoso, por ter-me colocado no caminho do bem. Obrigado pelo exemplo de vida.

Todos nós sentimos saudade. Saudade eterna. Sua partida criou um vazio muito grande. Mas, conforta-me saber que você está vivendo a vida eterna, junto àquele Deus que você sempre amou e respeitou e me ensinou a amar e a respeitar. E do lado de Deus você está olhando por todos nós. Um beijo bem grande, com muito amor, e até um dia!